Smartphones pedem hábitos inteligentes

Seu telefone foi projetado para seduzi-lo

Os smartphones são divertidos e úteis. Mas eles são poderosas ferramentas de sedução. Cada recurso, cor e som foram "otimizados" por equipes de designers e psicólogos para nos manter conectados e querendo mais.

Olhe a sua volta e você perceberá quão bem isso tem funcionado. De acordo com estudos recentes, checamos nossos telefones 150 vezes por dia, em média. Se fizéssemos qualquer outra coisa com essa mesma frequência, provavelmente consultaríamos um médico.

O que está acontecendo? Estamos conscientemente escolhendo nos interromper o tempo todo?

Alguns sinais de que você pode estar preso em um círculo vicioso

Quando algo nos faz sentir bem, nós o fazemos com mais frequência. Com o passar do tempo, isso torna-se automático – um hábito. Nossa 'memória muscular' nos mantém verificando nossos telefones, mesmo quando não é necessário ou não nos faz mais tão bem. Você reconhece esses sentimentos?

O reflexo: sentindo o desejo de verificar seu telefone, mesmo que você já tenha verificado nos últimos dez minutos? ... bem, na verdade, mais ou menos 30 segundos atrás?

A angústia: esqueceu seu telefone em casa e está se sentindo estranho e inquieto? Isso é a angústia.

A vibração fantasma: sentindo seu celular vibrar, e depois perceber que foi sua imaginação? Assustador.

O suspiro invejoso: muita geo-ostentação (amigos que se gabam por 'fazer check-in' em algum lugar novo) em sua vida? Ou muitos phubbers (phubber é uma expressão em inglês para a pessoa que ignora os outros ao seu lado por estar constantemente verificando seu telefone)?

Esses sentimentos são todos sinais de que nossos telefones estão nos seduzindo em um círculo vicioso de verificação constante.


Dicas para enganar seu smartphone

A boa notícia é que algumas simples mudanças podem reduzir esses reflexos, angústias e vibrações:

1. Esteja presente

  • Observe sua relação com seu celular

Em um dia comum, preste atenção em como e por quê você está usando o seu telefone (você está entediado, sozinho ou a pessoa com quem você está também pegou o dela?). O Google e a Apple agora também já possuem métodos que verificam seu hábito de uso com o Google's Digital Wellbeing e com a atualização do iOS 12. Esses serviços mostram com qual frequência você checa o seu telefone e quando. Você está surpreso com o número? Como você gostaria que fosse seu resultado? Defina um objetivo para si mesmo.

  • Use lembretes físicos para mantê-lo no caminho certo

Escreva um lembrete para você mesmo dizendo algo como "Por que agora?" or "Largue-me," depois, tire uma foto e configure como sua tela inicial. Assim, quando você pegar seu telefone, será a primeira coisa que verá. Além disso, experimente também o aplicativo Space, que adiciona uma tela de carregamento de 10 segundos aos aplicativos que você abre. Essa pausa faz com que você perceba seus hábitos e acalme seu comportamento já automático.

Aplique a mesma lógica ao seu telefone inteiro adicionando um bloqueio de tela. O incômodo extra para inserir o código de desbloqueio é o obstáculo de seu piloto automático - e mantém seu telefone protegido contra olhares indiscretos.

  • Mude o lugar que você o deixa

Você checa seu telefone logo que acorda e antes de dormir? Na mesa de jantar e no caminho para o trabalho? Inclua uma distância física entre você e seu telefone para assim criar uma distância emocional também. Experimente colocá-lo para carregar longe de sua cama, deixe-o dentro de uma gaveta durante o trabalho ou, às vezes, até deixe-o em casa. Você consegue passar uma tarde longe dele?

2. Customize suas configurações padrão

  • Desligue as Notificações

Você realmente precisa ser notificado de que recebeu um e-mail com um cupom de oferta? Esses constantes “ladrões” de atenção são projetados para nos tentarem a olhar o telefone quando não precisamos. Desligá-los é a coisa mais poderosa que você pode fazer para retomar o controle. Veja como:

  • iPhone:

    • Para desligar as notificações de um aplicativo específico: Ajustes > Notificações > clique em um aplicativo > desligar Permitir Notificações
    • Par desligar em um aplicativo as notificações em tela bloqueada: Ajustes > Notificações > desligue Alertas em Tela Bloqueada
  • Android:

    • Para desligar notificações de um aplicativo específico: Configurações > Notificações > clique no aplicativo > Bloquear todas as configurações
    • Outra forma de desativar os alertas de um aplicativo é pressionar por um tempo sua notificação quando ela aparecer. Assim, você poderá "bloquear alertas" ou "mostrar silencioso."
    • Para que sua tela bloqueada não ascenda quando houver uma notificação: Configurações > Tela > desligar o Ambient Display setting
  • Coloque a tela de seu telefone em tons de cinza

Telas coloridas nos seduzem a passarmos mais tempo nelas. Configure sua tela do telefone para tons de cinza e experimente por uma semana para ver se você checa menos vezes seu celular. (Isso não está disponível para todos os telefones, então faça uma busca online sobre o seu modelo e 'configurações de cores de tela'. Caso não tenha, mudar do modo cor 'vibrante' para o modo 'padrão' já ajuda).

  • iPhone: Acesse > Ajustes > Geral> Acessibilidade > Adaptações de Tela > Filtros de Cor > Selecione “Tons de Cinza”
  • Android: Acesse > Sobre o dispositivo > ache “build number” > continue clicando até seu telefone indicar que você é um desenvolvedor. Então, volte para > Configurações > Opções de Desenvolvedor > Simular espaço colorido > selecione Monocromático
  • Fique esperto

Quando você instala um novo aplicativo, observe as táticas que ele usa para fazer com que você sempre volte. O aplicativo de podcast substituiu automaticamente as configurações do protetor de tela para poder mostrar downloads no lugar? Aquele jogo tem enviado notificações de suas séries diárias e quem tem mais pontos do que você? Até que os desenvolvedores de telefones e aplicativos desistam de usar o design como ferramenta de sedução, você terá de ser um pouco mais pró-ativo nas edições de suas configurações. Reduza o ruído. Eles apostam no fato de que você não vai.

3. Faça planos e divirta-se

  • Avise aos amigos e familiares que você está experimentando uma nova normalidade

Essa é uma dica fácil de se esquecer, porém o efeito pode ser grande. Peça que outros juntem-se a você nesse experimento com o telefone. Faça disso uma competição familiar. Ou, simplesmente, planeje fazer as coisas que você gosta com antecedência, assim você não é pego de última hora procurando no seu telefone coisas legais para fazer. Libertar-se da verificação constante do celular é muito mais fácil quando seu tempo está ocupado com outras coisas. Pronto para fazer um teste? Se estiver muito difícil, tudo bem. Métodos poderosos de sedução nos envolveram nesse círculo vicioso e levará tempo para que a gente se liberte. Comece onde você se sentir confortável e siga a partir daí.

Talvez, você não acabe passando menos tempo no seu celular, mas passará o tempo de uma maneira diferente. Quando a questão é o tempo no seu celular, escolha pela qualidade e não quantidade.

(Estas instruções indicam onde você deve ir no seu telefone, mas como telefones e sistemas operacionais variam, os botões exatos que você precisa clicar podem etsar com um nome um pouco diferente no seu aparelho. Explore as configurações do seu telefone ou pesquise seu modelo online.)